AMANDO-TE ACIMA DAS ESTRELAS

POETA JOSÉ BATISTA

AMANDO-TE ACIMA DAS ESTRELAS

Quisera desnudar-te

O corpo inteiro,

Banhar-te com minha saliva,

Agasalhar-te em meu corpo

Sedento e suado,

Penetrar tua intimidade

Arrancar orgasmos adormecidos,

Beber teus sonhos

Enquanto debulho teus mistérios,

Abraçar teus delírios

Até enlouquecer-me em teus desejos,

Roubar de ti à cada segundo um beijo,

Misturar fantasias,

Invadir um ao outro

Como quem procura segredos,

Na noite em que o amor se encobre de beijos,

Tatuando nas lembranças nossos momentos,

Descortinando o tempo

Para que a luz do sol

Não seja apenas o prelúdio do dia,

Mergulhar na noite silenciosa

Até arrancar de ti esses gritos,

Êxtases delírios de alegria.

POETA JOSÉ BATISTA.

ESSE POEMA É PARTE INTEGRANTE DO LIVRO DOUCE POÉSIE XV, TEM TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR, E ESTÁ DISPONÍVEL NO LINK: http://www.bookess.com/read/28990-douce-poesie-xv/

PAIXÃO