ANOITECENDO

POETA JOSÉ BATISTA

ANOITECENDO

Cada noite é uma saudade inacabada,

Uma tortura desfazendo sonhos,

Um olhar perdido na estrada,

Abrigo que não te ponho

Uma viagem sem retorno,

Um abraço na solidão,

Um desejo perdido no tempo,

Uma luz esquecida na escuridão,

Uma lágrima agredindo o silêncio,

Um choro invadindo a alma,

Uma lembrança incontida,

Um corte profundo,

Um trauma,

Um mergulho em tua ausência,

Uma paisagem esquecida no canto do quarto,

Uma dor que maltrata,

Uma espera que nunca acaba.

POETA JOSÉ BATISTA.

ESSE POEMA É PARTE INTEGRANTE DO LIVRO PREMIUM V, QUE TEM TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR, E ESTÁ DISPONÍVEL NO LINK: http://www.bookess.com/read/23048-premiumv

SOLIDÃO